Como o Euromilhões pode arruinar a vida. O relato de uma vencedora

A vencedora do Euromilhões Gillian Bayford conta como tem sido a sua experiência desde que ganhou o jackpot no valor de quase 188 milhões de euros. O relato não é tão emocionante como esperado.

Uma vida de miséria, que levou a uma disputa familiar sem fim, dá conta o The Sun.

A mulher, de 43 anos, que se separou do marido, Adrian, 15 meses depois de vencer o prémio diz já não falar com a família que se mostrou gananciosa há um ano, apesar de ter distribuído 25 milhões de euros.

Ela adianta que a mãe, pai e irmão – que vivem em residências de luxo graças à sua fortuna – a ignoram desde maio do ano passado. Mas que ainda esperam que ela os ajude quando voltarem a precisar de dinheiro.

Gillian conta também que os seus familiares se acostumaram tanto a este estilo de vida que se recusam a viajar num avião na classe económica e que até já tentaram controlar todo o seu dinheiro.

“Era suposto este dinheiro trazer felicidade. Mas só trouxe ganância e exigências”, sublinha.

A família que não tinha muitas posses económicas chegou a ter dívidas em mais de 700 mil euros. Até que Gillian pagou tudo. Porém, depois de estes acontecimentos, a euromilionária revela que já não consegue fazer parte da vida dos seus entes.

Já em relação ao seu ex-marido, Gillian conta que o “stress” de se tornarem milionários de um momento para o outro levou ao fim do relacionamento.

A euromilionária está a tentar reconstituir a sua vida e em breve vai casar pela segunda vez.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.